• molafurg

Fogo> Gabriela Vieira


O trabalho surge a partir de um incômodo com a temperatura altíssima que o mês de setembro atingiu, colocando nossos corpos em sensações diversas como aumento da ansiedade, stress, desânimo advinda das queimadas do Pantanal. Em meio ao isolamento social percebemos que estamos pegando fogo e as nossas perspectivas de mudança é extremamente baixas pois questões ambientais não dão hype nas redes sociais. Será que # consegue segurar o b.o? Depois do fim do mundo que irá sobrar pra contar nossas histórias?

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo