• molafurg

Arani #2 - #1> Wesley Brito


Em Arani - #2 (2020) explora-se a efemeridade do suporte (folhas) contrapostas ao papel (sulfite), como estes materiais se somam e de certa forma “brigam”. O tempo é um fator determinante nesta nova série de experimentações, pois este faz com que certos registros/formas/fungos surjam durante o processo. Na medida que o efêmero passa a ser registrado no suporte e material, outras pautas surgem, como: essas tensões dos materiais que somam-se em uma colagem natural, a resistência destes, diferentes deteriorações e camadas - estas leituras que podem ser relacionadas ao cenário atual brasileiro (resistência, luta, queimadas, o etnocídio e genocidio indigena).

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo